O preconceito em pele de cordeiro

Félix-Khoury---Mateus-Solano 518566

O meu primeiro ponto neste texto é: eu assisto novelas e não tenho vergonha disso. Entretanto, existe preconceito contra homens ‘noveleiros’. É justamente sobre preconceito que quero falar, personificado em Félix Khoury, personagem do ator Mateus Solano na novela das 21h da Globo, Amor à Vida. Em uma declaração, Solano afirmou que Félix carrega a luta dos homossexuais reprimidos, mas tenho que discordar. Ser homossexual não é sinônimo de ser Félix.

Quem é este sujeito? Um homem que pegou a sobrinha e jogou em uma CAÇAMBA DE LIXO. A justificativa? A menina seria herdeira da fortuna da família, ele seria ainda mais rejeitado pelo pai que não aceita a sexualidade dele, então decidiu desfazer-se dela. Sabem o pior? O Félix existe na vida real, vários deles. Homens e mulheres, independente da preferência sexual, que fazem as maiores barbaridades: batem na avó, roubam a pensão alheia, prejudicam colegas de trabalho, tem esperanças de que o pai morra de câncer, para receber bens e dinheiro, além de usar a própria sexualidade como escada para conseguir seu principal objetivo: subir na vida. Coitados deles, não é mesmo?

No momento em que são confrontados usam de argumentos esfarrapados para tentar se impor às outras pessoas: os pais os rejeitam, os irmãos são os preferidos, etc.  Agora vem uma novela com um personagem INDECENTE, NOJENTO, IMORAL do qual o Sr. Mateus Solano deveria ter vergonha de interpretar, mas o faz mesmo assim, sob pretexto de que está prestando um serviço a sociedade. Aliás a noção de serviço social em obras de ficção televisivas dos dias de hoje, vai completamente contra seu real significado, fazendo um personagem BANDIDO ser classificado como NORMAL. Acontece o tempo todo, é o que as pessoas dizem e o assunto morre aí. Meu segundo ponto? Eu não aceito isso e nenhuma pessoa deveria.

Muitos contestam: quem é você para falar deste assunto? Também não tem problemas com a família? Questionamentos em uma tentativa de não forçar o cérebro para pontos importantíssimos de todas as nossas vidas. Se nós temos problemas, com quem quer que seja, vamos sair por aí metralhando os outros? Recentemente em uma série televisiva britânica, que gosto muito, Dr. Who, uma das encarnações do personagem central decide usar uma arma de massa para destruir um planeta inteiro, buscando encerrar as guerras em torno dele. Seu intento é resumido na frase NO MORE que em português quer dizer: NÃO MAIS.

É aqui que surge meu terceiro ponto de vista, o PRECONCEITO também é uma arma, nas mãos de uma emissora como a GLOBO que em sua programação que parece de primeira qualidade, mas tem intentos de quinta, traduzidos em jornalismo e obras duvidosas, torna-se ainda mais poderoso. NÃO MAIS! Estamos todos errados ao achar que vamos nos safar ao descontar nossa raiva nos outros, ou que uma puxadinha de tapete aqui e ali em quem nos cerca, vai resolver nossos problemas.

A minha conclusão é que se você e eu, que queremos estar em dia no que se refere à moral, honestidade, direitos e deveres, se este é nosso real desejo precisamos desligar a televisão toda vez que programas sejam de qual emissora for, estiverem contra nossos princípios. Personagens como o FÉLIX não são normais, nem divertidos, e não podem dar audiência. Devem estar na cadeia, que é o lugar deles. Livrar-se de um bebê, por motivos torpes, é um crime. NÃO MAIS! Permitam-se abrir os olhos para questões de nosso país que são realmente importantes, alienar-se e perder-se em histórias absurdas, só vai nos fazer mal.

Não ao PRECONCEITO, FORA GLOBO e emissoras de programação tóxica. Todas as pessoas tem problemas e também tem a oportunidade de procurar a ajuda necessária, seja em um tratamento psiquiátrico/terapêutico, em uma religião de fundamentos saudáveis e no simples ato do diálogo em família, para crescermos todos como indivíduos felizes e conscientes da realidade em que vivemos. Obrigado e um abraço.

Lugar do Outro em Ribeirão Preto!

Lugar do Outro em Ribeirão Preto!

Olá!! É com muito orgulho que divulgo que o espetáculo Lugar do Outro da Cia. Damas em Trânsito e os Bucaneiros, da qual participa minha talentosa prima Clara Gouvêa,vai estar em cartaz na cidade de Ribeirão Preto nos dias 17 e 18 de dezembro às 20h30 no Galpão de Evento do SESC RP.

lugar-do-outro

Sinopse via SESC RP

O espetáculo tem como ponto central de sua pesquisa uma reflexão sobre o individual e o coletivo, e sobre como o espaço e suas características influenciam as relações que se estabelecem dentro dele. O espectador, acomodado em pranchas móveis que serão movimentadas durante o espetáculo, fará parte da composição coreográfica, ora mais próximo ou mais afastado, colocado dentro da cena ou de costas para ela construindo diversas relações entre os intérpretes, a cena e o público. A trilha sonora é executada ao vivo pelo grupo, criando um fluxo dos intérpretes entre a dança e a música. Projeto contemplado pelo PROAC 2013 – Programa de Ação Cultural “DIFUSÃO E CIRCULAÇÃO DE ESPETÁCULO DE DANÇA”

Importante: São apenas 32 lugares, por favor reservem suas entradas com antecedência no link do título. Muito obrigado.

Um grande abraço!

Codinome Clemente

codinome-clemente

A ÍRIS CINEMATOGRÁFICA TV está realizando o documentário CODINOME CLEMENTE, cuja proposta é resgatar o papel histórico da esquerda contra a ditadura militar, com enfoque na trajetória dos militantes da esquerda armada, especialmente personificada na biografia do último dirigente da Ação Libertadora Nacional, Carlos Eugênio Paz.

O projeto se encontra em produção, com aprovação da Agência Nacional do Cinema pela Lei do Audiovisual e seu orçamento total é de R$ 762.000,00.

ANTECIPE O SEU INGRESSO PARA A PRÉ-ESTRÉIA:

Faça uma contribuição de R$20,00 para a finalização do filme, e garanta a sua presença em uma das sessões de pré-estréia. Seu nome constará nos créditos de agradecimento e seremos eternamente gratos pela sua colaboração na produção de CODINOME CLEMENTE. Cada R$ 20 dará direito a um ingresso.

Para fazer sua doação, clique no link no título do post. É simples, fácil e cômodo, podendo ser feito com um cartão de crédito, débito, transferência bancária ou por Boleto Bancário, além de transferência entre outras contas PagSeguro.

Agradecemos pela sua participação neste momento histórico do nosso país. Tenham todos um bom filme!