Loucura Singular 4 anos

loucurasingular4anos copy.jpg

Parabéns!! Parabéns!! Hoje é o nosso dia e é muito feliz!! O aniversário de quatro anos do blog chegou. Sim, nosso bebê já tem essa idade e anda aprontando por aí. Nosso porque sem vocês leitores eu não teria vindo até aqui. Já tive blogs antes e nunca me senti tão inspirado a escrever como acontece com o Loucura Singular.

Muito disso se deve ao novo sistema de visualização do WordPress que demonstra quem está lendo, quantas pessoas curtiram os posts e isso acaba reforçando a vontade de produzir. Se vocês estão pensando em ter um blog também, prestem bastante atenção a essa ferramenta pois ela ajuda a acompanhar as estatísticas e também na comunicação com leitores e outros blogueiros.

A loucura é um sentimento ou sensação que foge ao controle da razão. Quem é 100% racional, 100% do tempo? Acredito que ninguém. E os gostos pessoais contribuem com isso. Nossas válvulas de escape. O que vemos, o que ouvimos, o que nossos amigos curtem.

A proposta do Loucura Singular é essa. Compartilhar o que eu gosto, como isso me faz sentir e criar uma identificação com os leitores, porque é muito bom dividir preferências com os amigos e discutir os assuntos. É sempre enriquecedor. Muito obrigado pela companhia nessa jornada, quero que fiquemos juntos por mais tempo e quero também conhecer o que vocês fazem e produzem. Beijos e abraços e fiquem com Deus!!!

Agradecimentos especiais ao André Hotter, aos blogs ViviMetaliun, ao Eric Jó Lopes, DoggieSelfies, Anime Girls NYC, Quase em Crise, I Am Smithy, Julia Zambuja e ao Pitacos e Achados.

A origem do Lemonade

 

Resultado de imagem para lemonade stand

Não, não foi por causa da Beyonce (risos). Quando eu ganhei esse apelido carinhoso, Gustavo Lemonade de uma amiga querida, o álbum ainda não tinha sido lançado.  E não vejo como um ‘nome artístico’ e sim como algo divertido pra complementar a proposta do blog que é  compartilhar um pouco do meu mundo louco com todos vocês leitores.

A história é a seguinte: estava eu com meus pais e minha irmã em um shopping e eles saíram da mesa para buscar o almoço e eu fiquei sozinho tomando um copo de limonada, minha bebida favorita (um salve a todos os fãs de limonada, somos todos lemonades).

Lá pelas tantas eu percebi que tinha uma pessoa me olhando como aquela cara de ‘vamos ali dar uma volta só nós dois’. Eu me senti lisonjeado, pois isso nunca tinha acontecido comigo. Eu sou muito distraído e não presto atenção se tem pessoas me olhando. Talvez já tenha perdido muitas oportunidades de romance por causa disso. Quem sabe.

Aí tinha uma outra pessoa sentada na mesa ao lado que achou que os olhares eram para ela e foi atrás para voltar aos prantos ao constatar que era eu o alvo do flerte. A esta altura meus pais já tinham voltado para a mesa e só o que eu pude fazer foi dar de ombros e demonstrar com o olhar para pessoa interessada que eu não poderia ter saído da mesa por causa deles. #mybad

Quando me mudei para São Paulo e fui morar com minha amada amiga que já tinha o apelido Lana Love, contei a história e ela disse: você precisa de um nome de guerra – Gustavo Lemonade!! E tem sido assim desde então. Sempre que eu me sinto triste ou acho que uma coisa não vai dar certo eu penso: Eu sou Gustavo Lemonade e sou capaz de vencer todos os obstáculos.

Então mantenham a calma e bebam limonada, pois nossos sonhos são alcançáveis e a força vem do nosso coração. Feito com amor e personalidade, tudo pode ser realizado! Beijos e fiquem com Deus!!