Livre-se!

livre-se

Advertisements

Alerta: vacinas!

Resultado de imagem para vacinas

Acho que essa é a primeira vez que eu vou falar sobre saúde aqui no Loucura Singular. Talvez eu tenha falado sobre saúde mental, sobre comportamento social e haters, mas hoje eu quero fazer um alerta que serve para todos.

Há alguns dias faleceu uma pessoa da minha família e a história é que a morte ocorreu após a aplicação de uma vacina. O que acontece é que essa pessoa tinha um problema no coração e um efeito colateral pode ter causado a morte dessa pessoa.

Estamos em uma época em que muito se fala sobre a vacina da febre amarela, os meios de comunicação, rádio, tv, internet, chamam a atenção das pessoas para o recebimento desta vacina e a impressão que eu tenho é que criou-se um clima de pânico e alguns estão indo tomar essa vacina sem parar para pensar nas implicações.

Da mesma forma que existe um perigo na auto-medicação, existe também no encaminhamento da sociedade para a aplicação desta e de outras vacinas. Antes de tomar qualquer medicamento ou vacina, precisamos considerar nosso histórico médico, não é só ir ao posto de saúde e mandar aplicar. Isso é muito arriscado!!

Fica aqui o alerta! Fale antes com um médico, discuta quais são os problemas de saúde que vocês tem e vejam se é seguro tomar as vacinas. A frase “é melhor prevenir do que remediar”, é bem apropriada para essa situação, com o agravante que em alguns casos não dá nem pra remediar. Beijos e abraços e fiquem bem!!

Feliz 2018!

orca-image-1514813761798975647019.jpegEm 2018 eu quero que todos tenham saúde e o necessário para sobreviver, sem exageros. Eu quero que as pessoas se amem sem preconceitos, sem medo de demonstrar esse amor. Desejo que aprendamos a pedir desculpas, a perdoar e continuar amigos, pois a amizade ilumina o coração. E que tenhamos sempre a oportunidade de agradecer, a Deus e a todos aqueles que tornaram nossa jornada menos sofrida. Feliz ano novo e que possamos passar muitos mais juntos. #loucurasingular

NEW RULES (NOVA REGRAS)

1- NÃO ATENDA AO TELEFONE, É ELE LIGANDO PORQUE ESTÁ BÊBADO E SOLITÁRIO.

2 – NÃO O DEIXE ENTRAR, VOCÊ VAI TER QUE CHUTAR ELE PRA FORA DE NOVO.

3 – NÃO SEJA AMIGO DELE, VOCÊ VAI ACABAR NA CAMA DELE DE NOVO.

Essas são as Novas Regras, reconte-as e repita-as a si mesmo. 😉

Conto: Selva de Pedra

Resultado de imagem para stone jungle

Ele não olhava em volta. A vida era tão acelerada. Correr, pular, gritar. Ninguém colocava freios. Foram das dificuldades que vieram os primeiros momentos de parada, de reflexão. Da prova de matemática, do colega de escola que pensava diferente.

Ainda faltava percepção. Os arredores não tinham graça e por isso as letras das músicas não faziam sentido. Como querer que os outros ouçam quando não se ouve? Um baque. Uma pequena rachadura na parede. Por um buraco espiou uma flor crescer no asfalto. Seria a existência de Deus?

As pessoas julgam o que tem como inevitável, mas nada dura para sempre. Períodos de solidão. Acostuma-se a não ligar e quem é próximo não se importa. O que se faz para merecer o esquecimento é uma pergunta.

Hora de partir. Olha, um avião! Cai outro pedaço da parede. Volta. Percebe que o céu existe. De dia é azul. A noite a lua é de prata e as estrelas salpicam a escuridão com luz. Parte outra vez. Lá no teto as nuvens são cinzas. Fumaça. Não ande por aqui. Nem ali. Mãos se agitam diante do rosto.

Desespero. Petição. Oito pessoas ocupam o mesmo lugar no espaço. Pressa. Mantenha a direita. Jogaram o cadeirante pra fora do vagão. Chove o tempo todo. A roupa não seca. O mundo não deixa andar mais rápido e o patrão pede pontualidade. Ofensas saem fácil da boca. Bateram. Roubaram. A gentileza com o idoso rende insulto. Idiota. Revidou com palavras. Vontade de chutar a bengala por atrasar a fila. Outro retorno. Olha o céu e a flor. As árvores.

As antigas paredes da casa que a mente construiu, caem por completo. Seja ódio. Seja amor. Paciência e pressa. Dói, mas tenta entender. Pensa e procura melhorar. Não todo dia. Um pouco. De vez em quando. O trabalho de uma vida.

 

Gustavo Brunelli

 

Relacionamentos e vampiros energéticos

Ontem eu recebi de uma amiga o link para um site que tem uma carta aberta referente a vampiros energéticos no que se refere a relacionamentos amorosos. Vou reproduzir o texto aqui porque é bem interessante. É importante atentarmos por esse tipo de coisa em nossas vidas pois nos envolvemos com pessoas que não tem real interesse no que a gente sente e sim no prazer que pode obter do relacionamento sem precisar se comprometer.

“Como assim você se apaixonou por mim?!” – Carta de uma alma líquida

Que facilidade e vulnerabilidade a sua de ir abrindo assim o coração!

Que fraqueza é essa em me mostrar os olhos vermelhos de choro e dizer que se envolveu?!

Meu bem, quantos anos você tem? Em que mundo vive? Em que tempo parou?

Que coração mole é esse? Que alma entregue é essa? E que conceitos antigos?!

Você não acredita em amor livre?

Como assim você foi se apaixonar por mim?

Estivemos juntos muitas vezes movidos pela química. Foi tudo tão intenso porque a vida é para aproveitar o momento. Eu só disse que te amo olhando nos olhos porque eu gosto de exercer a minha liberdade de expressão.

E você construiu um mundo em cima disso?

Ah, essas suas expectativas, você tem que olhar bem para elas e tratá-las. Não fazem bem.

Não me leve a mal, você é sim uma pessoa especial para mim, mas agora eu não tenho energia e nem tempo, ( Tenho que ir ali massagear o meu ego, tenho que fazer sucesso, ficar por cima, tenho que começar do zero…).

Desculpe, não dá tempo de conversar sobre temas essenciais com você. Tenho um mundo para conquistar. Tenho uma carreira para cuidar, tenho coisas importantes para me ocupar.

Não dá tempo de te ouvir, mas você pode vir aqui às vezes, a casa é sua! E o carinho continua. Somos amigos coloridos. Só não gosto da sua TPM, é bom a gente saber… E você vai estar sempre no meu coração, como uma dessas histórias especiais que ficam na memória.

Não chore assim, não! Eu não sabia que você era assim tão sensível, nunca foi a minha intenção te fazer sofrer. Se eu insisti tanto para ficar com você foi porque o universo conspirou (e você ficou dando uma de difícil e fechada e virou um desafio). Agora eu já peguei o que eu precisava, e eu pensei que você fosse uma mulher mais forte, livre, moderna… Dona de si!

E agora está assim, na palma da minha mão. Como pode?

Desculpe-me, mas eu lavo minhas mãos. Não posso me responsabilizar por ter te conquistado.

A dor é sua.

Fica bem!

Do seu querido Vampiro de Energia.

Fonte: https://osegredo.com.br/2017/06/como-assim-voce-se-apaixonou-por-mim-carta-de-uma-alma-liquida/